Descubra a Magia de Amarração Amorosa com nossos especialistas em rituais amorosos. Oferecemos serviços personalizados e confidenciais para fortalecer laços afetivos e atrair o amor verdadeiro. Utilizando técnicas ancestrais e ingredientes naturais, nossa equipe experiente guiará você em uma jornada de conexão e paixão. Explore nossos pacotes exclusivos e testemunhos de clientes satisfeitos. A Magia de Amarração Amorosa está ao seu alcance. Entre em contato hoje e dê o primeiro passo em direção ao amor que você merece.

Tradição Das Sombras – Quimbanda E Palo Mayombe

O Link original está ao fim desse artigo, tiramos essa postagem da internet e estamos compartilhando ela aqui respeitando a lei de compartilhamento de artigos e postagens passando o link original ao fim da postagem

O Tradição das Sombras nasceu em 2005 com o intuito de oferecer as pessoas o verdadeiro poder da magia e feitiçaria com realizações dos mais diversos feitiços e magias como:

Amarração amorosa, iniciação na quimbanda, abertura e fechamento de caminhos, troca de vida, limpezas, pontos de morte, pactos com exus, pombogiras e muito mais…

Trabalhos Espirituais e Rituais de Magia

Em nossa doutrina, não há qualquer tipo de julgamento moral. Portanto, se você busca desde trabalhos positivos à trabalhos negativos e de morte, com certeza estamos preparados para te ajudar.

Confira alguns exemplos de intervenções espirituais que realizamos:

  • Amarração Amorosa
  • Ritual de Dominação Sentimental e Sexual
  • Rituais de Vingança
  • Destruição de Inimigos
  • Blindagem de Sociedades
  • Rituais para causar impotência sexual
  • Separação de casais
  • Rituais de afastamento para rivais/amantes ou amizades
  • Progresso ou atraso financeiro
  • Quebras de feitiços (demandas)
  • Limpezas espirituais
  • Envio de Eguns para proteção
  • Assentamento de entidades para religiosos
  • Rituais de proteção espiritual
  • Aberturas de caminhos financeiros
  • Aberturas de caminhos amorosos
  • Pactos para diversas finalidades
  • E muito mais.

Todos realizados mediante consulta prévia para avaliação da situação e das necessidades do caso.

Como Iniciar na Quimbanda?

Muitas pessoas entram em contato comigo perguntando como iniciar na quimbanda e como reconhecer um bom templo de quimbanda.

O primeiro (e talvez o mais importante) passo que todo interessado em se iniciar na quimbanda deve tomar, seja para iniciar na quimbanda malei, iniciar na quimbanda nagô, luciferiana e assim por diante, é fazer um bom jogo com o sacerdote que pensa em se iniciar.

Assim, você poderá saber quais as entidades que te acompanham naquela tradição, quais os passos e necessidades para se iniciar naquela tradição de quimbanda e assim por diante.

É muito interessante você levar algumas dúvidas já previamente anotadas para perguntar durante a consulta e, assim, esclarecer ao máximo todas as suas dúvidas.

Aqui no Tradição das Sombras o primeiro passo de qualquer iniciação é sempre uma boa consulta oracular para vermos, se o caminho é adequado para você.

Nessa consulta veremos tudo sobre a sua vida:

  • Qual ou quais limpezas espirituais teremos que fazer contigo;
  • Quais axés você estará apto a receber de acordo com suas necessidades espirituais;
  • Quais as suas entidades caso você não as conheça;
  • Se além dos dois exus principais, se precisará receber algum assentamento de imediato a mais;
  • E assim por diante.

É como eu sempre falo, a iniciação na quimbanda é como uma receita de bolo: o ritual de iniciação é igual para todo mundo, mas os detalhes que fazem a diferença entre uma pessoa e outra é que conta muito no final.

Assim como fazer um bolo é sempre igual: junta os ingredientes, bate e assa. Mas um bolo de laranja é diferente de bolo de chocolate ne?

Esse o segredo de uma boa iniciação na quimbanda: saber e reconhecer que cada um de nós é único!

Trabalho de Abertura de Caminhos

Quando falamos em Magias e Trabalhos Para Abertura de Caminhos aqui no Tradição das Sombras, falamos de uma incrível infinidade de possíveis trabalhos, oferendas, ebós e magias nos mais diversos caminhos e energias que possam e ajudar.

Quando falamos em trabalhos para abertura de caminhos, não falamos apenas em abrir os caminhos apenas para o dinheiro, fartura e prosperidade.

Falamos também em abertura de caminhos para o amor, abertura de caminhos para a saúde e toda uma infinidade de linhas de trabalhos para abertura de caminhos.

Na Kimbanda, por exemplo, isso ocorre pela própria natureza do arquétipo de Exu, os Srs. dos caminhos.

Exú como Sr. dos caminhos abrirá com os trabalhos e oferendas para abertura de caminhos todos os caminhos de sua vida, porém, muitos cuidados devem ser tomados para que exu atue de forma à que os caminhos por ele abertos para você sejam os que você deseja.

Trabalhamos cada caso como um caso individual e sem “receita de bolo” pois o que pode funcionar para X nem sempre funcionará para Y e assim por diante.

Então, após consulta com nosso dirigente Tata Orion, poderemos saber se você terá melhores resultados com o Exú Chama Dinheiro ou com o Exú Rei das 7 Encruzilhadas para a abertura de seus caminhos, por exemplo.

Acesse o link abaixo e agende sua consulta. Através dessa consulta, poderemos avaliar com exatidão seu caso e determinarmos quais energias devemos utilizar para resolver seu problema e trazer a energia do progresso, vitória e conquistas para você!

Amarração Amorosa Definitiva

Amarração Amorosa é o nome popular dos feitiços de amor, trabalhos amorosos e mirongas amorosas que buscam trazer ou manter a pessoa amada junto de ti.

Basicamente, ao se pedir uma amarração amorosa espera-se que a pessoa amada volte a ter sentimentos por você e assim possam retomar um relacionamento ou criar um novo trazendo-a até você.

Assim como os rituais e trabalhos para prosperidade, saúde e dinheiro, as magias de amor são feitas por intermédio de uma entidade como Exu, Pombagira ou até mesmo Demônios e/ou Orixás.

Tudo, claro, realizado de acordo com o que uma boa consulta espiritual determinar como sendo o melhor caminho pro seu caso.

Afastamento de Rival

Buscando Trabalho de Magia Negra para Afastamento de Rival na Quimbanda pois está cansado de ser sempre a última opção na vida de alguém?

De ser deixado de lado nas promoções em seu trabalho? De perder seu amor para aquela pessoa desprezível que você tanto odeia?

O que impede que você consiga seus objetivos pode ser claramente um rival/inimigo que está lhe “comendo na macumba” como dizem e você nem está percebendo.

Afastar nossos rivais é fundamental para abrir caminhos nos mais diversos setores como no amor, na vida profissional e pessoal.

Mantendo os inimigos à distância as energias positivas emanadas por nossos guardiões chegam até nossos caminhos e nos fazem prosperar em todos os setores de nossa vida.

Pessoas rivais, com olho gordo e inveja não permitem que nossos caminhos evoluam e sempre são as responsáveis por feitiços e macumbas feitas contra nós para diversos fins.

Pense bem: pessoas que tem algum tipo rival em algum setor de sua vida (na vida amorosa, financeira e/ou profissional) acabam perdendo o raciocínio e começam a agir de forma extremada com ciúmes, rancor, raiva, desespero e demais coisas ruins que acaba sentindo.

E isso gera brigas, discussões, conflitos e todo um sortilégio de coisas ruins em sua vida.

Mas calma, sempre há solução para seu caso. Entre em contato, agende sua consulta, que vamos sim te ajudar!

Nossa Quimbanda

De forma recorrente somos indagados aqui no terreiro, geralmente por pessoas NÃO iniciadas em quimbanda, sobre qual a nossa quimbanda, qual a nossa “””vertente”””.

Pois bem. Hoje vamos esclarecer isso de uma vez por todas.

Lá nos idos dos anos 90 os então praticantes de quimbanda não eram associados a “vertentes” mas sim a “ciclano, filho de fulano, neto de beltrano” e assim por diante.

O quimbandeiro, na época, era suficiente por si só, ou seja, ou sabia fazer feitiçaria e “fazia acontecer” ou não.

Com esse contexto, ao longo de minha trajetória junto a minha falecia Iyalorixá, ela sempre falava que aquilo que praticávamos, se queriam tanto rotular, poderiam chamar de “quimbanda nagô”, uma quimbanda ANCESTRAL.

E nem por isso ELA assim chamava de algo além de quimbanda e ponto, pra ela e para os seus iguais que iniciaram lá nos anos 1920~1930 no culto (os quais eu tive grande prazer em sentar no banquinho e ouvir suas histórias, aprender suas mirongas e feitiçarias), quimbanda era só quimbanda, vinda dos antigos feiticeiros Kimbanda que passavam de geração a geração suas práticas e conhecimentos.

A Quimbanda Ancestral

E por minha trajetória, por minha história, que foi construída ao longo de literalmente DÉCADAS de caminhada e aprendizagem com diversos outros mais velhos e mais novos na quimbanda, nas mais diversas famílias e “”””vertentes”””” é que nos encaixamos melhor no que chamamos de QUIMBANDA ANCESTRAL.

Chamamos então de Quimbanda Ancestral nossa própria visão de quimbanda e feitiçaria afro-brasileira onde praticamos aquilo que os mais velhos nos ensinaram.

Aquelas práticas que nos foram passadas nos idos dos anos 1990 por pessoas que então tinham mais de 50~60 (alguns bem mais, na verdade) anos de práticas de quimbanda e feitiçaria.

Claro, com acréscimos trazidos pelos ensinamentos ao longo do tempo dados pelos mestres exus e pombagiras que acompanham nossa família a gerações.

Uma quimbanda única, praticada por nós da família Tradição das Sombras e por alguns quimbandeiros mais antigos como nós que buscam sair desse “oba oba” de hoje em dia.

Cada Terreiro é único

Acredito firmemente na individualidade de cada prática, de cada ensinamento trazido pelos compadres e comadres, pelos espíritos ancestrais que foram outrora magistas e feiticeiros das mais variadas práticas e que hoje atendem o nosso chamado sob a alcunha de Exu e Pombagira (e demais espíritos quimbandeiros).

Se ninguém é igual a ninguém, como podem querer colocar práticas individuais em “caixinhas” chamadas vertentes criando padrões e organizações em um culto verdadeiro caótico, volúvel e desconstruídor?

Não gosto disso e não irei ditar regras em outros terreiros, outras famílias e nem nada do tipo.

Essa apenas é minha história, minha trajetória, é o como tudo me foi ensinado.

Respeito a todos os demais terreiros de quimbanda pois sabemos na pele como é difícil ser de um culto marginal, um culto dos excluídos e rejeitados.

E como tal, podemos não pensar 100% igual e aí que mora a beleza do culto a exu e pombogira: na pluralidade de caminhos pavimentado em puro enxofre, sangue e dendê!

Link original da materia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *